segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Completem o poema


Maldita melan...

Que me anda a des...
Os dias perdu...
Penso no que...
Sento-me e espe...
Tenho quase...
Falta apenas o que...


6 comentários:

Paula Raposo disse...

Pois...acontece que é mesmo assim. Beijos.

Bernardo Moura disse...

Maldita melancia
Que me anda a descascar
Os dias perduram
Penso no que fazer
Sento-me e espero
Tenho quase 61 anos
Falta apenas o que pensar

Maldita melancolia
Que me anda a desfazer
Os dias perduram
Penso no que fazer
Sento-me e espero
Tenho quase tudo
Falta apenas o que comer

Maldita melantropa
Que me anda a desmelantropar
Os dias perdumelantropam-me
Penso no que melantropar
Sento-me e espelantropo
Tenho quase melantropia
Falta apenas o que me arrelia

Maldita melanina
Que me anda a desfazer
Os dias perduram
Penso no que poderia fazer na nuvem
Sento-me e esperguiço-me
Tenho quase três milhões
Falta apenas o que fazer com eles

Tou cansado, vou-me embora.

Rafeiro Perfumado disse...

Maldita melancia
Que me anda a desnortear
Os dias perduram
Penso no que já a chupei
Sento-me e espeto-lhe o garfo
Tenho quase a casca comida
Falta apenas o que nem o gato quer!

miriamdomar disse...

Maldita melancia
Que me anda a destruir ,de tanto a comer
Os dias perduram , sem ela chegar
Penso no que vai ela pensar
Tenho quase a certeza que vai gostar
Falta apenas o que vai dar ambiente, para a coisa funcionar.

Paula Raposo disse...

O meu comentário do dia 6 não devia ser para este post!! Mas a inspiração é nenhuma, portanto ficamos assim! Beijinhos.

António Sabão disse...

Paula, desculpa alterei o post depois de teres comentado! :(
Beijos