domingo, 7 de dezembro de 2008

Desatino


Caminho no meio bruma

Sem rumo nem destino.
Falta a luz que me guie
É como um desatino
No meio da escuridão
Sinto a perdição...
Surge um rosto,
Um sorriso!
Senti o coração saltar
Quando vi aquele olhar!

2 comentários:

korrosiva disse...

coração a saltar??

arritmias é lixado! :/ ehehheheh

beijinhosss :)

António Sabão disse...

Nem me fales em arritmias! Não me assustes please! :(
Um beijinho Korrosiva! :)))))))))