sábado, 6 de dezembro de 2008

Com Parações!

Finlândia versus Portugal

Sr. Primeiro Ministro:


Como Vª Exª tem a mania de nos comparar com a Finlândia, venho por este meio dar o meu pequeno contributo sobre as comparações que tanto gosta de fazer entre os dois distantes, mas dignos Países:

1. Na Finlândia as turmas têm 12 alunos;

2. Na Finlândia há contínuos, aliás - politicamente correcto -auxiliares de acção educativa, acompanhando constantemente osprofessores e educandos;

3. Na Finlândia, as crianças são educadas pelos pais no intuito de respeitarem a Escola e os Professores;

4. Na Finlândia todas as turmas QUE TÊM ALUNOS com necessidades educativas especiais, têm na sala de aula um professor especializado a acompanhar o aluno que necessita de apoio;

5. Na Finlândia as aulas terminam às 3 da tarde e os miúdos vão para casa brincar, estudar;

6. Na Finlândia o ensino é totalmente gratuito inclusivamente os LIVROS, CADERNOS E OUTRO MATERIAL ESCOLAR;

7 . Na Finlândia não há avaliadores, professores avaliados nem Inspectores.!!!!!

8. Na Finlândia os professores têm tempo para preparar aulas e são felizes.

Apetece acrescentar:

9- Na Finlândia uma varejeira nunca poderá ser ministra de coisa nenhuma


Nota alguma diferença???

Muito obrigado pela atenção!!!!

Sacado daqui!

11 comentários:

korrosiva disse...

Oh António, muda lá a cor da letra sff... que os meus belos olhos agradecem!!


beijinhossssssssssssss ;)

António Sabão disse...

Carago, copiei dum blog e não deu para mudar a cor da letra nem o tamanho! A última coisa que quero na vida é dar cabo desses teus olhinhos lindos! :) hihihi

Beijinhooooos

DANTE disse...

Na Finlândia não há Portugueses!!
Tá-se mesmo a ver ;D

Um abraço

escarlate.due disse...

Só uma correcção: na Finlândia os professores são avaliados. São avaliados aquando da sua contratação para serem admitidos no ensino. São depois ao longo te toda a sua carreira, avaliados/acompanhados/apoiados.
Essa avaliação está a cargo do próprio director da escola em parceria com o municipio e o apoio de técnicos especializados.
Ao Municipio cabe a responsabilidade da avaliação interna e externa da escola ao nível da OCDE e PISA. Ao Director cabe a responsabilidade de avaliar performance escola e consequentemente o contributo dos professores para o mesmo.
Em caso de maus resultados dos alunos nos exames é requerida uma valiação individual especializada que tem reflexos sansonatórios (mesmo de exclusão) se ficar provado que os resultados se devem a mau desempenho profissional.

Já agora, na Finlândia não existem turmas de nível. O principio educativo é que todos os alunos aprendam respeitando-se o seu próprio ritmo. A taxa de alunos que chega ao secundário é de cerca de 99% equivalente à taxa de sucesso escolar. Todo o ensino básico é realmente obrigatório e gratuito, inclusive os tratamentos médicos dos alunos com NEE.

Acrescente-se que a licença de maternidade é (salvo erro) pelo menos um ano prorrogavel por três! Isto porque se entende que os progenitores são os primeiros responsaveis pela educação dos filhos. Os pais têm também direito a uma licença de paternidade longa (não recordo exactamente quanto e não tenho tempo para ir ver).

Em contraste, o país e as famílias debatem-se com outro tipo de problemas sérios que não vou discutir aqui.
Seja como for nós não somos Finlandeses! Somos portugueses! E era bom que pensassemos pela nossa própria cabecinha em função do nosso próprio país em vez de andarmos a tentar imitar (mal!) os outros.

António Sabão disse...

Do que entendi do artigo que o meu amigo recebeu por mail, o Sócrates é que anda a fazer comparações!
Obrigado Escalte pelos teu esclarecimentos muito pertinentes!
Beijinho

PreDatado disse...

Bolas, Sabão, na Finlândia faz um frio do caraças.

Bernardo Moura disse...

Pois..

Na Finlândia são governados por pessoas normais em Portugal, não.

António Sabão disse...

Achas que faz? Mais que aqui, pre-datado!
Abraço

António Sabão disse...

Bernardo, grande verdade! ) LOL

Abraço

António Sabão disse...

Dante, pois não! Eu candidato-me a ser o primeiro!

Abraço

tronxa disse...

oh pah... ja estou como o predatado...

ta um frio do catano na finlandia!!!

pk sera k nao se passa nada disso num país tropical, onde me tente a emigrar???

bjnhs de bom fds graaaaaaaaaaande!!