segunda-feira, 15 de dezembro de 2008






















Cheguei devagarinho, pé ante pé, abarquei teu sonho. Com as mãos te reconheci a pele. Com os dedos te espiei os recantos. Envolvi-me no teu odor e em beijos te explorei o corpo. Pedaço a pedaço, fragmento por fragmento, milímetro a milímetro. Fitei-te intensamente, no mais profundo olhar e tomei de assalto todo teu sexo exaltado.
Enredei-te, abracei-te, abarquei-te e devolvi calmamente teu sono repousante.

9 comentários:

escarlate.due disse...

a pintura é muito melhor que o texto

:)
obrigada António

Paula Raposo disse...

Maravilha de texto!! Gostei. Beijos.

Fenix disse...

E com os dedos escreves-te um excelente texto!

Delicioso!!!

Abraço

António Sabão disse...

Ora escarlate, não concordo! O texto está fabuloso! :)
Beijinhos

António Sabão disse...

Obrigado, Paula! :)
Beijinho

António Sabão disse...

Fenix, o desenho é meu mas o texto não!
Beijinho

tronxa disse...

eu, depois de ter feito isso, mas com o teclado...(eheeh) vou-me devolver ao soninho k interrompi esta manha!!

bjnhsss de bo noitinha!

korrosiva disse...

Gostei muito do texto e do desenho :)

beijinhoss

Bernardo Moura disse...

Foda-se!

Muito bom, mesmo muito bom!

Ab