terça-feira, 6 de maio de 2008

Estas coisas mexem comigo!

Banco Alimentar Contra a Fome

A fome aumenta em Portugal. Isto é obsceno e deveria envergonhar Sócrates, levando-o a procurar perceber o que significa apoiar a produção de energia através de cereais, o que significa o desemprego, o trabalho precário e a ameaça de desemprego por um código de trabalho que fragiliza o elo mais frágil: o que é formado por quem necessita de trabalhar para sobreviver.

Cerca de trezentas mil pessoas são ajudadas, todos os dias, pelos Bancos Alimentares Contra a Fome. Mas esta operação de generosidade e solidariedade não pode servir para esconder as reais razões da fome.

A fome não é uma fatalidade, mas o resultado de políticas que desenvolvem um darwinismo social que faz com que os pobres sejam cada vez mais pobres e em maior número e os ricos cada vez mais ricos e em menor número.

Um bom governo é o que diminui o sofrimento dos que mais sofrem, impedindo o darwinismo social.


A fome aumenta, porque este Governo é mau e a esperança em melhores dias também não surge.

Margem Esquerda

10 comentários:

vsuzano disse...

tens muita razão, e quem devia fazer alguma coisa... não faz...

abraço e boa semana

Helena disse...

Olá António!
Mexem com todos nós.Os problemas sociais aumentam de dia para dia.Um futuro melhor não se avista...
PS:não tenho andado fugida.Todos os dias estou online.
A propósito, sabes que simpatizo contigo!...
bjs

Bernardo Moura disse...

Ia escrever um comentário a este teu post extenso. Mas não vou, tal é a extensão da minha revolta.
Ab

Paula Raposo disse...

Concordo.

Olá!! disse...

Caretassssssssssssssss

aDesenhar disse...

mexem apenas com alguns...
outros há que vivem num país cor-de-rosa!

abraço

O Guardião disse...

Há crise? Há fome? Á miséria aumenta em Portugal? Não meu caro, deve ser ilusão, repare que o governo com tantos analistas e com tantos estudos encomendados aos melhores (amigos) ainda não veio a terreiro anunciar medidas para combater a situação.
Eles é que sabem, ou melhor, sabem-na toda, não se queixam porque a vida corre-lhes de feição.
Cumps

foryou disse...

Importas-te de aumentar o diabo da letra??? Ou estás interessado em contribuir para melhorar o nível de vida do meu oftalmologista, heim????!!!!

António Sabão disse...

Foryou
Caramba só me puxas as orelhas e elas já são grandes! A letra é assim porque copiei dum blog dum amigo e andei às voltas para a aumentar e não consegui! Ensinas-me? Ficava muito agradecido! Beijosssssssss

GMaciel disse...

Emenda: este governo não é mau, é PÉSSIMO!

Agora, e depois de levarem nas orelhas, vão lá votar nesta escumalha com a desculpa que não há alternativas.

O costume!

:(

Irra, hoje estou azeda como o tempo, António. Não tens por aí um pacotinho de açúcar que me emprestes????