segunda-feira, 10 de março de 2008

O abominável mundo novo!


Pois! Este mundo é uma merda! Um abominável pedaço de merda!!! Quem nos compreende? Quem nos apoia? Quem nos acarinha? Quem nos AMA? Se eu fosse...Ai se eu fosse!!! Sei o que tenho, não sei bem quem sou mas conheço-me! Há quem esteja muito próximo de me conhecer...Quem sabe, o Berardo? FOGO!!! Se me conhecesse, lá juntava mais umas pecinhas à sua "colecção"! HeHeHeHe...Esta foi forte! Uma vez alguém disse isso mesmo, ai se o homem visitar o teu blog, não te larga até ficares completamente de tanga, nem um trabalhinho na manga! Bom, quem se lixava eram os amigos, lá se iam as prendinhas.

Agora a falar a sério, que pensam do mundo em que vivemos? Isto se ainda houver alguém que "pense"! Voltarei a este assunto, promessa de Sabão!

11 comentários:

f@ disse...

Eu já nem sei pensar... com as nuvens tão cinzentas falha-me a massa cinzenta... E PIOR AINDA SE FÔR PARA PENSAR NA VIDA...
"PENSAR É ESTAR DOENTE DOS OLHOS" - F PESSOA...
beijinhos

parvinha disse...

Sabão hoje não consigo, tive um dia complicado só punha disparate!
Tempo, trânsito, trabalho, uma treta!
Vejo-te mais inspiradito :)
Abraço

Miss D disse...

Oh António, eu já evito pensar neste poço de tudo o que é mau...
Felizes dos ignorantes! Pensar nisto potencia uma depressão de caixão à cova...

Ora vejamos este mundo:
- temos governantes burros que "nunca" têm dinheiro e quando têm é para fazer porcaria;
- morrem todos os dias crianças à fome, enquanto que no outro lado do mundo existem outras crianças a quem lhes é diagnosticada obesidade;
- a natureza, o ambiente, ou seja, a nossa fonte de vida, está a ser destruída aos poucos, sem que haja uma compesanção para restituir o que havia;
- existem cerca de meia-dúzia de gatos pingados que literalmente "mandam" no planeta devido à sua extrema riqueza, enquanto que do outro lado há pessoas que nem sequer podem usufruir de água potável;
- os afectos, a pouco-e-pouco estão a deixar de existir e é cada vez mais comum vermos por aí "robôs" a passear;
- os sorrisos amarelos fazem parte do nosso dia-a-dia e às vezes já nem o simples acto de respirar é sincero;
- (...)

Eu podia ficar aqui a noite toda a falar nisto, mas este comentário já vai longo e só de falar nisto já estou a ficar de mau-humor =P
***

Paula Raposo disse...

Subscrevo o teu post...beijos.

Marreta disse...

Penso que quando seriamente pensarmos no mundo em que vivemos já será tarde de mais...
Saudações do Marreta.

vsuzano disse...

é certo isto da globalização... põe-nos a pensar que este mundo anda cada vez mais maluco.... e não é que é verdade mesmo....

abraço

cassamia disse...

eu penso exatamente isso: é um abominável mundo novo!
a descrição é perfeita.

Bernardo Moura disse...

Nós é que construimos o nosso "mundo". Podemos fazer dele uma valente merda, ou não!
Foda-se, não gostei deste comentário.

Olá!! disse...

Sabão, a culpa não é do mundo, mas de algumas das pessoas que o usam como latrina da merda que têm na cabeça. Quanto a sentimentos, tem quem os tem... e quem os tem que os guarde porque começam a ser raros.

Continuo à espera que nos dês o prazer de te ter connosco.

Beijo grande

aDesenhar disse...

ainda não sei que mundo é este,
mas dizem as "boas" línguas que
ao virar da esquina
está um mundo Global por descobrir,
recheado de Novas Oportunidades,
e a moda Primavera / Verão é
a Mobilidade Especial!
pela parte que me toca, quando descobrir digo-te!

Capitão Merda disse...

O mundo humano é a fossa do Universo!