quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Pois é!

Estão a ver uma coisa lá em cima do lado direito que diz "tempo é dinheiro"? Eu também vejo! Só que falta uma merda por baixo que muitos chamam relógio outros reló (brasucas talvez) e que... NÃO APARECE! De quem é a culpa? De quem é? Vá digam?...A culpa é minha? Dasss...Que profs são vocês que nem uma merdice destas sabem ensinar? Depois querem 14 valores para continuarem a andar a foder a cabecinha dos coitados dos alunos! É? Pôrra, não há direito! E os paizinhos que querem dar beijinhos aos filhotes pelas excelentes notas que tiram sem saber um caralho? Bem, acho que vou mas é estar calado senão inda me fodo, coisa que detesto! Finito!!!

15 comentários:

Marreta disse...

Então mas essa merda é do mais simples que há. É só escolher o "clock", copiar o código e colar no "modelo". Se fizeste isso, porque é que aquela merda não aparece?! Os espaços estão bem?
Saudações do Marreta.

f@ disse...

Gosto mesmo mto de ti por tudo mas principalmente pela frontalidade e originalidade e por tudo mais que vejo mas nem sei dizer.. por seres assim tão diferente, tão especial que deixas as horas ao nosso critério... adoro este relógio que tu escolheste ... assim em branco e qque me dá toda a liberdade que tenho direito... beijinho imenso e sem tempo ou seja espero, para sempre

Blue Velvet disse...

Hum, bem,
vim cá mandada pela Olázinha que está uma verdadeira moderadora de blogs.
Mas vim um bocado desconfiada porque não sei o que é sabão.
Só uso espuma e gotinhas de óleo de uva para amaciar a minha pele, ou não me chamasse Velvet.
Ainda por cima, não tem horas, uma pessoa nem sabe a quantas anda.
Mas fez-me rir, e fazer-me rir, num homem, é uma qualidade que prezo muito.
Portanto, é coisa para voltar.
Veludinhos para si
Ps: E outra: pode-se fumar aqui. YES

Waldorf disse...

Isso é falta de competência!!!
Falta-te Viagra!!!!

Bernardo Moura disse...

És mesmo tooooninho, pá!
Não sabes colocar um relógio nesta mierda? Não?
Eu também não.

Waldorf disse...

VIAGRA ao poder!!!!

Waldorf disse...

Aviso já que não gosto desse velho manhoso que comentou em primeiro lugar, faz-me lembrar um Velho companheiro que habita o mesmo camarote que eu!

Waldorf disse...

Ouvi dizer que ofereces livros!
Onde é que se clica?

aDesenhar disse...

saboonices

eheheh

acho que copiaste o código errado!

no modelo que pretendes, deves copiar o 2º código.

abraço

f@ disse...

waldorf é marreta ou quem tem dupla pesonalidade? confusão ...ou o Waldorf é marreta?expiliquem ... sou basica...mas mesmo assim quanto mais marretas melhor...sono...

MATA-RATOS disse...

Foda-se! Eu consigo ver o relógio...e já são cinco da matina. Caralho, pensei que eram 2.
Deixa assim, Sabão. Está bom demais!
Assim o tempo ainda é mais dinheiro do que o pensas: Ninguém consegue atinar com horas nenhumas, o que é óptimo.
ABAIXO OS RELÓGIOS, FODA-SE!

Bernardo Moura disse...

Uma vez um amigo meu tentou colocar um relógio no blog dele à força e o ecrã explodiu. Tiveram de chamar o pai da namorada dele para mudar o vidro do ecrã, foi uma bagunça. Pouco tempo depois, teimoso tentou outra vez e o toner do ecrã foi ao ar e passou a dar a preto e branco, ele viu-se quilhado para arranjar outro toner porque o ecrã dele já era velho, foi um senhor que lhe indicou um rapaz que trabalha para a Força Aerea que tem esse material. Mais tarde, o estúpido voltou a insistir na merda do relógio no blogue e apanhou o virús que estava no p.c., um cavalo de tróia. Passou meses que em vez de espirrar relinchava e como relinchava, metia medo. Após um tratamento à base de rebuçados de mentol a coisa lá lhe passou. Podes não acreditar, mas ele insistiu mais uma vez e o caso ficou bravo. Ainda se está para perceber, alias os cientistas da Nasa e os Amigos da Ciência Atómico Nuclear ainda têm o rapaz fechado num "bunker" para perceber e para descolar o teclado da testa do pobre rapaz e remover o rato do c...

António Sabão disse...

Pois! Estou esclarecido! Obrigado pelas dicas mas vai ficar mesmo assim! ;)

António Sabão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
António Sabão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.